Lembra daquele meme "Três é bom" que eu já postei aqui? Hoje teremos a continuação dele, novamente, graças ao post da Ana Luíza.

Três nomes pelos quais você atende:
Não tenho muitos apelidos, na verdade, quase nenhum...
- Line
- Dadá (apelido dado pela minha irmã, quando era pequena, e que pegou entre a família da minha mãe)
- Bruna (muitas pessoas me confundem com a minha irmã, principalmente parentes que raramente vejo, e as vezes me chamam de Bruna e eu atendo com preguiça de corrigir a pessoa)

Três coisas que você gosta em você:
- Minha tranquilidade
- Meu cabelo 
- A organização dos meus cadernos

 Três coisas que você odeia/ não gosta em você:
- A habilidade em deixar algumas coisas para depois
- A dificuldade em perdoar
- As dores de cabeça constantes

Três coisas que você gosta nos outros:
- Sinceridade
- Cordialidade
- Pessoas desconhecidas que sorriem/dão "bom dia"

Três coisas que você odeia/ não gosta nos outros:
- Gente que quer mostrar o que tem, ou seja, materialistas demais
- Pessoas interesseiras e falsas
- "Oi sumida".

Três partes da sua herança:
- Livros
- Maquiagens
- Canetas

Três coisas que assustam você:
- Barata
- Agulhas
- Eventos com pessoas que não conheço
Três coisas essenciais no seu dia:
- Café da manhã 
- Algo doce depois do almoço
- Abraço nos meus cachorros

Três coisas à toa que te deixam feliz:
- Roupas com cheirinho de amaciante
- Assistir Netflix comendo algo
- Maracujás do meu quintal

Três coisas que você está vestindo agora:
- Calça vermelha
- Blusa de moletom
- Tênis

Três dos seus artistas/ bandas favoritos (neste momento):
- Rivers and Robots
- Anavitoria
- Preto no Branco

Três das suas canções favoritas (neste momento):
- To The Highest Place - Rivers and Robots
- A Começar em Mim - Victor Pradella
- Seria Tão Bom - Paulo César Baruk

Três novas coisas que você quer tentar nos próximos 12 meses:
- Aprender AutoCAD
- Fazer uma hortinha bem variada em casa
- Ser mais disciplinada

Duas verdades e uma mentira, qual a mentira?
- Eu odeio banana
- Já fui professora de ballet
- Me dou muito bom com crianças, sonho em ter filhos

Três nomes de filhos:
- João
- Laura
- Cecília

Três coisas que você simplesmente não consegue fazer:
- Gargarejar
- Matar barata
- Qualquer coisa que exija habilidades manuais
Três coisas que você deveria fazer:
- Estudar mais
- Comer menos doces
- Exercícios físicos

Três dos seus hobbies favoritos:
- Ler livros
- Assistir séries
- Brincar com meus cachorros

Três coisas que você quer fazer antes de morrer:
- Trabalhar com algo que eu ame fazer
- Ler a bíblia toda (antes do final do ano)
- Viajar bastante pelo Brasil

(E nas verdade e uma mentira, a última é mentira. Não tenho habilidades com crianças e não tenho vontade de ter filhos)


Mais duas histórias engraçadas da minha avó Alaíde. Se você gostar dessas e ainda não leu o outro post sobre ela, clique aqui para se divertir um pouco.

Notebook
Esse diálogo aconteceu há alguns anos atrás. A minha avó estava conversando com a sua sobrinha Juliana, em algum momento da conversa, elas falavam sobre a minha tia Cláudia. E a minha avó diz:
- Eu já falei para a Cláudia que ela tem que comprar um computador.
- Computador não, tia Alaíde. Ela tem que comprar um notebook. É bem melhor. - diz Juliana.
- Mesmo? Então anota esse nome aí no papel para eu falar pra ela.
Então, a Juliana anota e entrega o papel para minha avó, que guarda no bolso da calça.

No mesmo dia, a minha avó estava indo à padaria e encontrou duas antigas amigas da minha tia Cláudia, em que não as via há muito tempo. Conversou um pouco com elas, foi à padaria e voltou para casa.

Quando chega em casa, vê a minha tia e lembra das amigas que ela encontrou. 
- Cláudia, eu encontrei duas amigas suas na rua. E elas perguntaram por você.
- Que amigas?
- Não lembro o nome delas não.. Ah... Mas eu anotei, espera um pouco.
Então, minha avó coloca a mão no bolso e tira um papel:
- Uma chama Note e a outra Book!
..................................................................................................................................
Aquela que sobe
Em um dia de semana, meu pai chega na casa da minha avó, assim que ela o vê no portão já vai logo dizendo.
- César, você ficou sabendo que aquele rapaz morreu?
- Que rapaz mãe?
- Você sabe. O irmão daquele menino.
- Que menino?
E essa conversa se prolonga até que ela lembra o nome do rapaz.
- Ele morreu como?
- Daquela doença que sobe.
- Doença que sobe? Avião?
- Não César!
- Elevador?
- Não César, larga de ser "burricido". Como é mesmo o nome?
Sem lembrar, a conversa fica por isso mesmo. Até que minha avó lembra, e o rapaz morreu porque a glicose havia subido muito.


O dia dos namorados está chegando, e eu fiz uma lista de algumas coisas legais que podemos fazer a dois para sair da rotina. São todos os itens super fáceis de fazer, mas que com a correria do dia a dia, acabamos deixando passar alguns momentos e oportunidades de deixar o dia mais divertido.
E para recordar, um post com 20 pequenos gestos de amor, que também fazem a diferença nos detalhes.